7 coisas que não pode perder em Timor Leste

1-Passar um dia na Ilha de Jaco

Imperdível! Não pode ir a Timor Leste sem passar na ilha de Jaco. Uma ilha desabitada, paradisíaca, bem no extremo leste de Timor-Leste. O caminho por terra para lá é bem difícil, só para aventureiros. Poderá encontrar alternativas confortáveis para chegar de barco a esta ilha, mas é uma opção bem mais dispendiosa.

2- Disfrutar as praias de Dili

As praias de Dili são lugares fantásticos para relaxar e aproveitar o fantástico Pôr-do-Sol de Timor, beber uma água de coco e banhar-se nas aguas quentes.

3- Subir ao Cristo Rei de Dili

É uma subida relativamente fácil, toda em degraus e no topo pode desfrutar a maravilhosa vista para ambos os lados da costa e usufruir ainda do fantástico Pôr-do-Sol.

4- Visitar a ilha de Atauro

Através do ferry público (Nacroma), é possível visitar a baixo custo a ilha de Atauro. Aqui pode-se fazer snorkling/Mergulho e aproveitar para pernoitar e relaxar nas casas à beira mar.

5-Conhecer  Baucau

Foto por:  http://baucauadventure.blogspot.com/2015/05/

É a segunda maior cidade de Timor-Leste, situada a 122km da capital (Dili). Os principais pontos a visitar são o Mercado Municipal, o Hotel Pousada, a “Praia Watabo´o e Fatuk Boot”. A 30km de Baucau, fica a Vila Venilale onde se pode visitar a “Ponte Natureza”, as Águas Termais (Be manas Uaicana), as “Cavernas dos Japoneses” (Fatuk Kuak Hitu) e a Montanha Ariana (Foho Ariana).

6-Subir a montanha mais alta de Timor-Leste – o Monte Ramelau (Foho Ramelau)

Uma das melhores coisas em subir o monte Ramelau é apreciar o caminho para lá chegar. As paisagens fantásticas do interior de Timor Leste, os simpáticos, curiosos e acolhedores habitantes locais, ainda não muito habituados aos turistas, tornam maravilhosa esta difícil viagem. Apesar das difíceis estradas para Hatu Builico,  a localidade mais próxima da montanha,  a recompensa é magnífica.  Após pernoitar em Hatu Builico, a subida demora em média entre 2.30h a 3.30h, e a maior parte dos turista tenta chegar a tempo de ver o Nascer-do-Sol na montanha.

7-Visitar o cemitério de Dili

 É obrigatório visitar este local emblemático da história de Timor Leste, onde decorreu o sangrento “Massacre de Dili”, que provocou mais tarde a independência do país.

Neste Cemitério, pode encontrar a campa do jovem Sebastião Gomes, assassinado pelas tropas indonésias durante a ocupação. Este local é o mais importante do cemitério, pois foi nesta campa, durante uma homenagem da população a este jovem, que decorreu o “Massacre de Dili”

Share some Love:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *