21 dicas sobre como organizar a sua mala de viagem

1-Tipo de Mala

A escolha do tipo de mala a levar na sua viagem é importantíssimo para que seja adequada à sua viagem. Por exemplo, na minha viagem de volta ao mundo em modo backpacker, levei uma mala com as dimensões normais exigidas para as companhias de low cost , com rodas tipo troley, mas que tinha alças e podia ser usada como mochila. Mais versátil, não existe!

Confira o meu post  “7 dicas para escolher a sua mala de viagem”.

2-Fazer uma lista

Fazer uma lista antes de fazer a mala é importante por três razões. Em primeiro lugar para não esquecer de nada importante para a viagem. Em segundo lugar, porque torna-se mais fácil distinguir o essencial do acessório. Em terceiro lugar porque nas próximas viagens, vai aproveitar esta lista e acrescentar algo que faltou ou retirar items desnecessários.

3- Limitar ao mínimo a roupa /calçado

Quantas vezes acontece levarmos a mala cheia de roupa e depois não usamos metade na viagem? Se a viagem for curta até uma semana, é importante ver as previsões de meteorologia um pouco antes da viagem e levar apenas a roupa essencial para esses dias, dependendo do tipo de viagem (praia, cruzeiro, cidade, montanha, etc).

Se a viagem for longa, há que considerar a hipótese de lavagem de roupa durante a viagem (ou pela própria pessoa no alojamento, ou numa lavandaria) e assim evitar levar muita roupa. As suas costas agradecem!

Se a sua viagem é uma viagem à volta do mundo (como foi a minha), é importante ter vestuário muito versátil e em pouca quantidade: roupa para praia/piscina, roupa desportiva para aventura/desporto, roupa mais formal para alguma ocasião que o exija, e um ou dois agasalhos para climas mais frios.

Quanto ao calçado, quer numa viagem curta quer numa viagem longa aconselho três pares: chinelos, ténis confortáveis e um sapato mais formal. Juntos, dão para todas as situações.

4-Colocar uma toca de banho à volta do seu calçado para o proteger

Para além de proteger o seu calçado, evita que suje as roupas quando o calçado não está completamente limpo.

5- Cortar as embalagens de medicamentos em pequenos pedaços e etiquetar/fotografar

Especialmente em viagens de longa duração, em que tem de se levar uma quantidade grande de medicamentos para várias situações possíveis, cortar as embalagens de medicamentos em pequenos pedaços e colocar todos numa caixa organizadora plástica, para além de ser mais fácil de organizar e poupar muito espaço, protege os seus medicamentos. Não esquecer de fotografar as instruções dos medicamentos e respectivos prazos de validade, para não ter de levar consigo as mesmas (ocupando mais espaço).

Veja o post sobre a lista de medicamentos a levar para uma viagem.

6 – Artigos de higiene pessoal em pequenas embalagens inferiores a 100ml

Aqui, pode-se poupar imenso espaço. Se a viagem é curta, embalagens pequenas são suficientes para toda a viagem. Se a viagem é longa, procure sempre usar embalagens pequenas de shampoo, pasta dentífrica, gel duche, etc. Além disso, se quiser levar a mala como bagagem de mão, líquidos acima dos 100ml não são permitidos.

7-Reforços alimentares em barras energéticas /de cereais

Quanto aos reforços alimentares, aconselho a levar numa bolsa pequena à parte, e para mim, os mais adequados são barras de cereais/energéticas. Em primeiro lugar porque no caso de esperas no aeroporto, a alimentação aqui é bastante dispendiosa. Em segundo lugar por serem bastante práticas: de pequeno tamanho, e normalmente, por terem um involucro, são fáceis de manter em boas condições de higiene. Algumas, mais completas, podem até substituir uma refeição inteira.

8 –  Levar apenas a tecnologia essencial

Hoje em dia, a tecnologia ocupa uma parte significativa da mala do viajante. Quer pelos aparelhos em si, quer pelos carregadores inerentes. Aconselho a levar unicamente a tecnologia indispensável para a viagem.

No caso de viagem de curta duração, um smartphone de qualidade razoável com uma boa câmara fotográfica com espaço disponível suficiente, as principais aplicações de viagem necessárias instaladas  e um powerbank, são a tecnologia suficiente e que ocupa menos espaço na sua mala.

No caso de a fotografia ser o seu hobbie, a situação complica-se um pouco mais. Existem algumas câmaras compactas de qualidade com um zoom considerável, que ocupam menos espaço. Caso leve a fotografia um pouco mais a sério, e tenha uma máquina semi-profissional, aconselho apenas uma objectiva mais versátil com um intervalo de zoom suficiente para o que se pretende.

Para guardar fotografias aconselho duas soluções: ou guardar online em plataformas como por exemplo icloud ou dropbox, ou, no caso de máquinas fotográficas, equacionar a compra de cartões de memória com elevado armazenamento, pois não ocupam praticamente nenhum espaço. No entanto, no caso de viagens mais longas e de as fotos tiradas serem realmente importantes, aconselho a fazer uma cópia  dessas fotografias online ou num pequeno disco externo compacto.

9 – Levar uma pequena bolsa/mochila

Esta pequena bolsa é muito importante para ter sempre à mão, especialmente se a sua mala for enviada para o porão. Por vezes a viagem é longa, possivelmente poderão haver atrasos ou escalas, e há artigos que terá de ter sempre consigo. Dependendo da companhia aérea, poderá ser uma pequena bolsa, ou até mesmo uma mochila. Neste bolsa/mochila deverá levar: telemóvel com carregador e powerbank; documentação; dinheiro; barras energéticas; artigos mais importantes (ou valiosos); uma muda de roupa interior; pasta e escova de dentes e roll on.

10- Levar livros digitais

Apesar de gostar bastante de ler, não aconselho a levar livros físicos para as viagens, pois acarretam várias desvantagens. Em primeiro lugar, ocupam bastante espaço na mala. Em segundo lugar, normalmente são pesados. Em terceiro lugar, no final de o ler e a viagem ainda não estiver no fim, terá de o carregar até final da viagem. Aconselho como alternativa levar livros digitais no telemóvel ou tablet, ou a guardar as leituras para quando voltar da viagem (enquanto viaja há tantas coisas para fazer…)

11- Usar o interior dos seus sapatos como arrumação (meias, etc)

É uma forma bastante prática de poupar espaço e de manter o formato impecável do seu calçado.

12- Colocar embalagens de vidro dentro de uma meia

Se leva um perfume caro que não quer perder durante a viagem, esta é uma boa solução.

13 – Colocar as roupas maiores e mais pesadas no fundo da mala

Se o fizer, quando necessitar tirar alguma coisa da mala é bastante mais fácil.

14 – Ter uma pequena bolsa plástica só para líquidos e colocar sempre no topo da mala

Se vai viajar com a sua mala como bagagem de bordo, normalmente vai-lhe ser pedido para o fazer. Se já estiver feito, poupa tempo e não necessita de desarrumar a sua mala cada vez que fizer check in no aeroporto.

15 – Deixar as meias e roupa interior para o fim

As meias e a roupa interior facilmente ocupam os espaços vazios da mala. Por isso devem ser deixados para o fim.

16 – Fechar a cadeado malas e bolsas

Em certos países, esta medida de segurança é fulcral, especialmente se a mala vai para o porão, e se vai viajar noutros meios de transporte como barco, autocarro, etc, e a mala vai estar fora do seu alcance visual. Escolher um cadeado TSA (ou uma mala com cadeado TSA incluído), que no caso de ter de ser aberto pela polícia com uma chave mestra, não necessita de ser arrombado.

17 – Usar uma bolsa escondida para passaporte/dinheiro junto ao corpo.

Também por razões de segurança, em alguns locais que considere mais inseguros, uma pequena e discreta bolsa para transportar dinheiro e documentos mais importantes poderá livra-lo de situações bastante complicadas.

18 – Colocar os carregadores dentro de uma bolsa para óculos

Colocar os carregadores numa bolsa de óculos com os fios presos com um elástico, vai ajuda-lo a não os danificar e a encontra-los facilmente na sua mala.

19- Colocar a roupa que não quer ver amarrotada em rolos

Fazer rolos com a sua roupa que se amarrota mais facilmente é uma boa solução. As outras roupas poderá optar por fazer rolos ou dobra-la de forma tradicional.

20- Leve um saco de plástico para separar as roupas sujas das limpas.

É essencial para que as suas roupas lavadas não se sujem nem ganhem mau cheiro em contacto com as outras um saco de plástico é a solução.

21  – Pesar a mala (caso necessário)

Em algumas companhias aéreas, não é essencial, é fundamental! Se o peso for superior ao definido, pode significar despesas inesperadas.

Share some Love:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *